Quem sou eu

Minha foto
Santiago do Chile, Chile
Viajar é meu esporte favorito, mal chego e já estou planejando qual será o meu próximo destino. Depois de trabalhar por mais de uma década na gestão de marketing em uma multinacional em Floripa, e passar um ano sabático explorando novos sabores, culturas e lugares, vim morar em Santiago do Chile. Espero que minhas experiências sejam úteis e instiguem amigos e desconhecidos a desbravar novos e deliciosos destinos.

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Trancoso, Praia do Espelho e Caraíva


Adoro destinos como Trancoso, pousadas charmosas, restaurantes descolados, praias sem muvuca ou ônibus CVC estacionados, pouquíssimos vendedores importunando nossa preguiça à beira-mar. Estive por duas vezes nestes destinos no sul da Bahia e certamente voltaria mais uma vez para curtir uns dias de sossego e boa vida em uma dessas praias deliciosas.

Se vc ainda não conhece, aproveite uma promoção de passagens ou milhas para Porto Seguro e não perca tempo! Siga o passo a passo para encontrar esses paraísos ainda pouco explorados pelo turismo de massa.

Chegando lá:

Para chegar em Trancoso, seu ponto de partida, é preciso descer no aeroporto mais próximo que fica em Porto Seguro. Minha sugestão é já decolar com o carro reservado no aeroporto (não arrisque pois a procura é grande e  você corre o risco de pegar um carro em uma locadora pouco conhecida) e ao chegar já partir para sua primeira parada. Há dois caminhos, o da balsa que pega a estrada de terra até Trancoso e o da BA. Fiz ambos. Na balsa você pode ter de esperar mais, mas também tem a oportunidade de passar pelo centrinho de Arraial D'ajuda. Pela BA001 o caminho é um pouco mais longo, mas sem interrupções, trânsito ou lombadas.

Não se preocupe que não há como se perder no caminho, é tudo bem sinalizado e a distância é de apenas 26km entre uma cidade e outra.

Onde Ficar em Trancoso:

Você vai estar de carro, portanto a minha sugestão é ficar perto do charmoso Quadrado, que é onde rola a vida noturna em  Trancoso. Isso porque estacionar ali por perto é um problema, além de ser delicioso sair caminhando sem pressa no final da tarde por suas redondezas, percorrendo lojinhas e escolher com calma onde será o seu jantar. Como são muitas as praias deliciosas para conhecer, e todas ficam bem longe do centrinho, você terá de sair de carro no dia seguinte. Então facilite a sua vida e escolha uma dessas pousadas para ficar:

Capim Santo - esta pousada deu origem ao conhecido restaurante de SP. Fica no Quadrado mesmo, bem tradicional e com apartamentos rústicos bem ao estilo do lugar, além de bangalôs mais completos. Tarifas desde R$195,00. (http://www.capimsanto.com.br/)

El Gordo - também no Quadrado, esta pousada bar-restaurante tem uma belíssima vista para o pôr do sol. Charmosa, possui 12 apartamentos diferentes e uma piscina que vale um mergulho no final do dia degustando um dos muitos drinks do cardápio. Tarifas desde R$368,00  (http://www.elgordo.com.br/elgordo_pousada_trancoso.php)

Pousada do Bosque (foto) - foi aqui onde me instalei nas duas vezes em que fiquei na cidade. Fica na região do "Bosque", a menos de 100 mts do Quadrado, em meio às árvores. São vários bangalôs, com tamanhos distintos, mas todos decorados ao estilo rústico de Trancoso. Ótimo custo-benefício, diárias a partir de R$110,00 (http://www.bosquetrancoso.com.br/)

Estrela D'água - se você quer ficar perto do mar, esta pousada ocupa hoje a antiga casa de uma ilustre moradora local - Elba Ramallho. Tem ótimas instalações e fica a poucos passos da  Praia dos Nativos  (http://www.estreladagua.com.br/)


Praias:

São muitas as opções. A minha sugestão é você curtir um dia no baladado Bar Tostex, filial do da Hadock Lobo, na Praia dos Coqueiros (descendo do Quadrado, estrada de chão à direita), caminhar dali até a Praia dos Nativos (aquela que fica em frente ao Quadrado) para ver o pôr do sol. No dia seguinte, pegue o carro e dirija no sentido norte (estrada de terra) para Arraial d'Ajuda e pare para conhecer as praias de Taipe (foto) e a da Barra (foto) com suas belas falésias. Fica neste caminho o Club Med Trancoso, que vale uma visita. Curtir o centrinho de Arraial no fim de tarde, na Brodway ou Rua do Mucugê também é uma ótima pedida. Se vc realmente fizer questão de conhecer uma das típicas barracas de praia baiana com todo aquele axé e muvuca, desça a Rua do Mucugê que leva até a praia e o agito estará ali esperando por vc.

Se a opção for seguir para o sul, pela estrada de terra que liga Caraívas, você chegará em uns 30 minutos na belíssima Praia do Espelho, com um delicioso restaurante à beira-mar e espreguiçadeiras sob os coquerais. Reserve um dia todo para conhecer esse pedacinho do paraíso, que tem recifes onde é possível fazer snorkelling e merece uma caminhada até sua praia vizinha. No caminho para o Espelho, você irá passar por um vilarejo e logo na entrada há um ponto de venda de artesanato indígena (constução grande que parece uma Oca). Não deixe de parar. Você encontrará belas peças que são vendidas também na Marcenaria Trancoso (loja no Quadrado), além de luminárias e vários itens feitos em madeira e côco que darão um toque especial na sua mesa ou casa (gamelas, porta-guardanapos, bandejas, talheres, etc).

Onde Comer:



Provavelmente você irá almoçar em alguns dos restaurantes das praias. Não deixe de conferir o cardápio do Tostex  (foto) na Praia dos Coqueiros (confira a receita que eu trouxe de lá no post http://viagemcomgosto.blogspot.com/2011/09/spaghetti-de-abobrinha-do-tostex.html_), o restaurante da pousada Enseada do Espelho na Praia do Espelho, além das muitas barracas nas praias da região. Se estiver pelo Quadrado, A Portinha serve um buffet bem gostoso e você pode sentar-se à sombra das árvores para curtir a sua refeição.

Para comida típica (todos no Quadrado), A Silvana & Cia tem uma ótima moqueca baiana e faz bem o estilo dos restaurantes típicos da cidade, já o Capim Santo e o El Gordo possuem um cardápio mais elaborado e um ambiente sofisticado. O Maritaca serve grelhados e massas e fica na rua de acesso ao Quadrado, assim como o Masala com um cardápio de curries indianos e comida tailandesa. Como sempre há lojas e restaurantes abrindo e fechando na região, sugiro que você caminhe pelas ruazinhas de acesso ao Quadrado e explore novas opções por ali.

Comprinhas:


A Marcenaria Trancoso certamente ainda está lá no Quadrado, tem móveis e louças super transadas, além do artesanato local que você pode encontrar também naquele ponto de venda da comunidade indígena no caminho para a Praia do Espelho. Me lembro de uma loja linda e colorida de tapetes e almofadas (foto) que vale uma visita, além de muitas lojas de peças de arte naif e roupas transadas para o verão (vendem marcas como a Tóten, Rosa Chá, dentre outras).

No meio da tarde, os artesão costumam espalhar suas esteiras com suas peças no Quadrado, dê uma passada pois sempre há algo interessante. À noite, na rua de acesso, uma feirinha local também costuma montar suas barraquinhas com peças variadas.




Praia do Espelho:


Eu não me hospedei lá, escolhi ficar em Trancoso e fui alguns dias para a praia e curti a área deliciosa da Enseada do Espelho, onde almocei e passei o dia. Esta praia, que você acessa pela estrada de chão da a 20 km de Trancoso no sentido Caraíva  seguindo a entrada do condomínio Outeiro das Brisas (tem de deixar o carro na área de estacionamento e descer uma pequena picada para a praia), é uma das mais belas da região descrita pelo Guia 4 Rotas como um destino 5 estrelas. Tem falésias, rio, piscinas naturais, recifes e, caso você tenha dúvidas de qual praias visitar na região, não pode faltar na sua cool list pois é o lugar mais badalado e bem frequentado na alta temporada. Por isso, se quiser garantir um lugar nas espreguiçadeiras disponíveis, trate de chegar cedo.

Se você decidir se hospedar por lá, veja algumas opções que também oferecem restaurantes e infra na praia:

Pousada e Restaurante Bendito Seja - (http://www.pousadabenditoseja.com.br/)

Pousada e Restaurante Enseada do Espelho - (http://www.enseadadoespelho.com.br/)

Pousada do Outeiro -(http://www.pousadadoouteiro.com.br/)

Pousada do Baiano - (http://www.pousadadobaiano.com.br/)

Recanto do Espelho - (http://www.recantodoespelho.com.br/)


Caraíva:



A primeira vez que estive lá, quando dirigi por horas em uma estrada de chão horrível desde Cumuxuratiba, a luz ainda não havia chegado a este pedacinho perdido no sul da Bahia. Por isso mesmo, o charme do lugar que conservava bem o estilo hippie-bicho grilo. Tenho de confessar que suas praias não são tão lindas quanto as de Trancoso, mais o vilarejo onde se chega atravessando o rio de barco e não há carros nas suas ruas de areia é ainda um paraíso intocado pelo turismo de massa. Igrejinha típica, pousadinhas charmosas à luz de velas (e banho frio), uma baladinha tranquila à noite, tudo parece ter parado no tempo por aqui.

Mas se você não quiser ficar muitos dias, e a estrada de chão ajudar (se estiver chovendo, não arrisque), Caraíva que quer dizer homem branco dá para ser visitada durante um dia só. Aproveite para caminhar por suas ruazinhas de areia (não no sol a pino pois queimam seus pés mesmo com havaianas), escolha um dos restaurantes típicos à beira do rio para um petisco e feche um passeio de bugue para conhecer a Aldeia Indígena que fica no meio da praia e ir até a Ponta do Corumbau para um mergulho e belas fotos.

Se decidir pernoitar, a pousada que fiquei além de charmosa e ótimo atendimento, tem instalações super adequadas e fica bem localizada - Pousada da Terra (http://www.terracaraiva.com.b/). Além disso, há outras pousadas bem equipadas ou mais simples, confira no site www.caraiva.com.br.

A baladinha da noite e o restaurante mais bem frequentado era na deliciosa pousada Lagoa (http://www.lagoacaraiva.com.br/). Em 2002 uns mineiros descolados já colocavam uma house e trance music (movida a gerador) para animar as noites iluminas à luz de velas e estrelas. Aliás, não deixe de caminhar pela praia para se admirar com a quantidade de estrelas brilhando e, se for seu estilo, curtir um forró pé de serra nos barzinhos que margeiam o Rio Caraíva.

Para chegar lá - desde Trancoso são 32km de estrada de chão, há alguns pontos onde o acesso é complicado, pergunte aos locais como está a estrada se tiver chovido muito nos dias anteriores pois é comum o carro atolar e você ficar na mão. Antes da travessia do rio existem estacionamentos para deixar o carro. Leve só o essencial, pois não há como transportar a sua bagagem de carro nas ruas de areia de Caraíva.

6 comentários:

  1. amiga, foi ótimo viajar com você para todos esses lugares... Beijo, Bi

    ResponderExcluir
  2. Oi Anna Carolina !
    Vijarei na semana que vem com meu marido e mais um casal, para Arraial D'Ajuda - BA. Achei seu blog na rede, e vim aqui pegar umas dicas de Trancoso e Caraíva.
    Agradeço pela riqueza de detalhes e extrema sensibilidade ao relatar as suas aventuras !!
    Beijos
    Aline Flausino / Curitiba-PR

    ResponderExcluir
  3. Ola! Tudo bem? Iremos em dezembro para Trancoso e ficaremos no Club Med. Gostariamos muito de visitar uma aldeia indigena (é o sonho da minha filha de 8 anos!!!). Vc conhece algum passeio legal saindo de Trancoso? Amei esse de buggy que vc citou, mas é saindo de caraiva, nao é? Esse seria perfeito! Beijos e muito obrigada!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, esse que menciono no post é da aldeia de Corumbau, perto de Caraíva. Mas sei que ao norte de Porto Seguro, em Cabrália, tem outra aldeia indígena e talvez fique mais fácil para ires conhecer esta. Se estiveres de carro, certamente o concierge do Club Med vai poder te explicar como ir até lá.

      Excluir
  4. Vanda Claudino Sales18 de novembro de 2013 23:06

    Ola, Anna Carolina, parabens pelo blog! Sou professora da Universidade Federal do Ceara e estou escrevendo um livro sobre patrimonio mundial costeiro. O livro sera publicado em ingles pela editora Springer, da Holanda. Estou precisando de uma foto alta resolucao da Praia do Espelho para ilustrar o livro, e talvez voce possa me ajudar? O credito pessoal e do blog seriam concedidos no livro. Agradeco a atencao e um retorno no e-mail vcs@ufc.br

    ResponderExcluir
  5. Muito legal o seu relato, parabéns!!!

    Caraíva é um lugar sensacional!!! Existem muitos atrativos para visitar e muito sossego!!! Também fiz um relato em meu blog e espero ajudar a conhecer este lugar maravilhoso.

    http://aventritur.blogspot.com.br/2015/04/caraiva.html

    Grande abraço a todos!

    ResponderExcluir

Compartilhe aqui aquelas dicas especiais que você trouxe na bagagem...